Preço da gasolina baixou 29%, em 75 dias, inclusive na Ilha

ENTRE OS 18 POSTOS DE NOSSA REGIÃO, DIFERENÇA ENTRE UM E OUTRO CHEGA A R$ 1,00

0
348

Dos 18 postos de combustíveis localizados na Ilha, nove são da distribuidora Shell, quatro da Petrobras, um da Ipiranga, um da Alê e três funcionam sem estarem ligados a nenhuma bandeira.

No dia 2 de setembro, em que fizemos a pesquisa, a gasolina comum estava mais barata no posto Alê, na Estrada da Bica: R$ 4,79 o litro. Os demais postos tinham preços bem variados, conforme os leitores podem conferir nas fotos ABAIXO.
O preço mais alto ficou com o posto da Petrobras, na Avenida Paranapuã, esquina com a Rua Capanema, onde o litro estava sendo vendido a R$ 5,79, exatamente R$ 1,00 mais caro.

Quanto à gasolina aditivada, o etanol e o diesel, basta o leitor verificar nas fotos quais postos estão vendendo mais em conta… e quais os estão vendendo com preços mais elevados.

A guerra entre Rússia e Ucrânia afetou profundamente a economia, no mundo todo, e no Brasil não foi diferente. Os preços da gasolina, diesel e etanol dispararam. Entretanto, no Brasil, o Presidente Bolsonaro agiu com habilidade para baixar esses preços, retirando os impostos federais e negociando com os governos estaduais para que diminuíssem as taxações locais. As medidas surtiram efeito, o preço nas refinarias e bombas baixou consideravelmente. Essa política de redução de tributos foi executada também na alemanha, Reino Unido, Índia e México; nos EUA, o Presidente Joe Binden enviou proposta ao congresso e apelou aos governos estaduais para que também cortem impostos locais. No Brasil, nas últimas nove semanas, o preço da gasolina caiu 27% na média nacional; o etanol, 18%; e o diesel, 7%, segundo a ANP.

Todas as fotos com preços dos combustíveis nos 18 postos da Ilha foram feitas no dia 02-09-2022, entre 8 e 10 horas, pela reportagem do Jornal GOLFINHO.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui