Mulher Coragem Nº 2 da Casa do Índio fez 65 anos

0
26

A Ilha inteira sabe que a grande heroína da Casa do Índio, abandonada por todos os sucessivos governos, é a sertanista Eunice Cariry, sua fundadora. Cariry, aos 86 anos, ainda se dedica aos 12 indígenas lá abrigados com o amor e a força
de uma autêntica guerreira. Felizmente, ajudada, com doações de alimentos, material de limpeza e roupas, por muitos segmentos da comunidade insulana em geral, religiosos, clubes de serviço, associações de moradores, comerciantes, etc.
Mas, no dia a dia, para dar alimentação, banho, remédios, amor e carinho a esses indígenas, hoje ela só conta mesmo com a técnica de enfermagem Vânia Maria dos Santos (na foto com o índio Augustinho Caiuá), voluntária, já aposentada, mas que há 20 anos é o braço direito de Cariry. No dia 5 de outubro, Vânia completou 65 anos. Parabéns, Mulher Guerreira Número 2 da Casa do Índio!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui