CCR Barcas extingue o horário das 8 horas, cria o das 05:50 e inova com viagens para Paquetá

0
427

MORADORES DA ILHA DO GOVERNADOR NÃO FORAM CONSULTADOS PELA CONCESSIONÁRIA E DESAPROVARAM AS MUDANÇAS

Alegando a necessidade de “reduzir os impactos da crise financeira”, a CCR Barcas, que explora a ligação marítima en­tre Cocotá e a Praça 15, modi­ficou a grade de horários das barcas entre as estações de Cocotá e Praça 15, já a partir do dia 8 de janeiro, quarta-feira (veja todos os horários no site da CCR: www.grupoccr.com.br › barcas).
A novidade é que agora ha­verá possibilidade de o morador da Ilha do Governador ir de barca também para Paquetá, via Praça 15 – e igualmente vol­tar de lá. Mas, como a duração da viagem, com a parada na Praça 15, é bem maior, aliado ao fato de que as barcas de e para o Cocotá não funcionam aos sábados e domingos, na realidade não houve nenhuma vantagem.
A CCR Barcas chegou a im­plementar os novos horários no dia 30 de dezembro – e a reportagem do Jornal GOLFI­NHO entrevistou usuários, que reclamaram principalmente da extinção do horário de saída às 8 horas. Mas, em função de uma liminar na Justiça, a concessionária voltou ao antigo horário e programou o início da mudança para o dia 8 de janeiro.
– É um absurdo acabar com a barca das 8 horas, pois é o horário com maior demanda de passageiros e essa extin­ção prejudicou a mim e outras pessoas que conheço – afirmou o contador Flavio Fonseca, morador do Cocotá. O comer­ciante Carlos Alberto Oliveira concorda:
– Além de ter um comér­cio aqui na estação, também utilizo as barcas; é descabida essa posição da CCR, de aca­bar com a barca das 8 horas, sem uma explicação devida. Me prejudicou como comerciante e usuário”, disse.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui