Saúde

Vacinação contra a febre amarela termina no dia 9

P19F1

Termina no dia 9 deste mês, sexta-feira, a campanha de vaci­nação contra a febre amarela. De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, a expectativa é vacinar, em toda a cidade, 5,4 milhões de pessoas entre nove meses e 59 anos de idade. Todas as unida­des de saúde da Ilha (hospitais, centros municipais e clínicas da família) irão funcionar de segunda a sexta-feira, das 8 às 17 horas.

Segundo a SMS, já que nenhum caso da doença foi registrado nem em macacos e nem em seres humanos na cidade, não houve a necessidade de se realizar um tra­balho mais minucioso em regiões de mata, tanto no Rio como tam­bém na Ilha (Galeão, Tubiacanga, Colônia Z-10, Ribeira e Bananal).

A vacina da febre amarela é fei­ta com vírus vivo e tem contraindicações para idosos, gestantes, mu­lheres que estejam amamentando bebês menores de seis meses, pessoas com alergia grave ao ovo, com quadro de imunodeficiência por doença ou tratamento.

Para que essas pessoas com contraindicações sejam vacinados nas condições epidemiológicas atuais da cidade do Rio (sem circu­lação do vírus), é imprescindível a apresentação de atestado médico por escrito, preferencialmente feito pelo médico que já acompanhe o paciente e conheça suas condições de saúde. Somente desta forma o profissional poderá atestar que o paciente está apto a receber a vacina.

DOSE FRACIONADA

O uso da dose fracionada foi re­comendada pelo Ministério da Saú­de para realizar a cobertura vacinal de forma rápida e eficaz, em toda a população não vacinada nas áreas endêmicas. A vacina é exatamente a mesma, o que muda é a quanti­dade da dose. A vacina fracionada contém 0,1 ml do soro, ou seja, 1/5 da dose padrão, que é 0,5ml. A dose padrão é considerada altamente imunogênica, com resposta e eficácia para toda a vida, ou seja, só precisa ser vacinado uma única vez.

Os comentários estão encerrados.