Sociedade

Terreno da União em Tubiacanga, invadido em abril, já foi desocupado

P26F1

Mais uma invasão de área pública aconteceu na Ilha do Governador, em me­ados de abril, desta vez em Tubiacanga: alguns mora­dores desse bairro, situado junto a uma das cabeceiras de uma pista do Aeroporto Tom Jobim, decidiram inva­dir uma terreno da União no próprio bairro, à beira-mar, atrás do clube Flexeiras.

Avisada por outros mo­radores de Tubiacanga, contrários à favelização do bairro, uma equipe do Jor­nal GOLFINHO foi ao local, dia 20 de abril, chegando pouco depois que algumas pessoas, revoltadas, tinham jogado abaixo os marcos delimitadores dos lotes. Um dos invasores, que também retornava ao local, reclamou muito, dizendo que eles iriam retomar a marcação dos lotes e a construção das casas.

No sábado seguinte, dia 22, os invasores realmente retornaram ao terreno e começaram a remarcar os lotes, quando, segundo in­formações que recebemos de outros moradores de Tu­biacanga, que não quiseram se identificar, uma equipe da Polícia Federal chegou ao terreno e, na base do diá­logo, os avisou que invasão de área federal era crime e que eles poderiam ser pre­sos, convencendo-os, dessa forma, a desistir daquela ilegalidade.

Os comentários estão encerrados.