Iate Clube Jardim Guanabara

Pavilhão Japonês, reinaugurado, está novinho por dentro e por fora

P22F8

Um dos templos sagrados mais tra­dicionais das artes marciais do Rio, o Pavilhão Japonês, dentro do Iate, foi totalmente refor­mado, recebendo uma revitalização que melhorou con­sideravelmente as condições estru­turais para melhor atender os sócios que praticam suas atividades no agra­dável local.

P22F9

O saudoso mestre Hélio Gracie e o Comodoro José Moraes, no Iate

Situado próxi­mo a uma paisa­gem paradisíaca, junto a espécies remanescentes da mata atlântica, de onde é possível avistar uma boa parte da Baía de Guanabara, o Pa­vilhão Japonês, antes mesmo de iniciar as obras ne­cessárias, recebeu um minucioso es­tudo prévio para saber das reais condições e o que deveria ser feito. Após a análise, foi planejada a tro­ca dos tatames, a ampliação do ves­tiário masculino, a reforma no femi­nino, nova pintura na área externa e a substituição de todas as madei­ras que estavam quebradas. Até o jardim à entrada foi restaurado, in­clusive ganhando projeto paisagístico e iluminação; o pe­queno lago tam­bém foi revitalizado e recebeu peixes ornamentais.

P22F3

Aulas de jiu-jítsu

O Pavilhão Ja­ponês leva o nome do mestre de toda a história nacional e mundial do jiu-jítsu, Hélio Gracie, que, junta­mente com seus filhos e família, é uma lenda marcante nas artes marciais. Tanto o mestre Hélio Gracie quanto seus filhos Rickson, Rorion, Relson, Royce, Royler e Rolker Gracie, além de Kira Gracie e o nosso grande Robson Gracie, presidente da Federação de Jiu-Jítsu, bem como outros mem­bros da família, sempre estiveram dando palestras, aulas, participan­do ativamente das atividades do Pa­vilhão Japonês do Iate. O Comodoro José Moraes, inclu­sive, homenageou a família Gracie dando o nome de Rorion e Rickson a dois de seus filhos, numa demonstra­ção da admiração que tem por essa família.

— Não esquece­rei nunca o que a família Gracie representa para a minha família. Inclusive, a última vez que o profes­sor Hélio Gracie vestiu um quimono e assim apareceu em público foi jus­tamente aqui no Iate, em uma ho­menagem que lhe prestamos – disse José Moraes.

P22F2

Aulas de ioga

Agora, total­mente pronto e em condições exemplares para aten­der as aulas de jiu-jítsu, judô, ca­ratê e ioga, com todo o conforto, os associados são só elogios para a nova estrutura do espaço, que é uma réplica de um tem­plo japonês, inau­gurado na gestão do ex-Comodoro Hélio Feliciano.

Para o engenhei­ro Joilson Rangel, cuja filha Rafaela, de sete anos, prati­ca jiu-jítsu no Pavi­lhão, as obras fica­ram impecáveis e o ambiente tornou-se ainda mais agra­dável e confortável para todos.

— O clube está de parabéns, pois a revitalização fi­cou excelente, tanto na parte externa como no interior do Pavilhão, que é um lugar ma­ravilhoso e muito aconchegante. I­so nos deixa muito felizes, pois sa­bemos que nos­sos filhos e nós, responsáveis, que também frequen­tamos aqui, estamos sendo mui­to bem atendidos com o investimen­to realizado – disse Joilson.

P22F1

Aulas de judô

A bancária Gabriela Fortunato, que foi sócia do clube durante mui­tos anos e acabou retornando recen­temente, quando voltou a morar na Ilha, também elo­giou muito a refor­ma, destacando os novos tatames e a nova área exter­na. Mãe do aluno de jiu-jítsu Lucca Fortunato, de qua­tro anos, Gabriela também ressaltou que a obra deixou o Pavilhão Japonês ainda mais belo.

— Ficou ótima a reforma, sobretu­do pelos novos tatames e pela revitalização da área externa, pois trou­xe ainda mais con­forto e comodida­de para todos que convivem aqui. Deixou o Pavilhão ainda mais lindo e o local merecia mesmo essas melhorias – afirmou Gabriela.

P22F5

Aulas de caratê

Os comentários estão encerrados.