Obituário

Faleceu no dia 3 de julho o Seu Pinheiro, figura histórica da Ilha

Sr. Pinheiro

A Ilha do Governador perdeu ontem (03-07) um dos seus moradores mais importantes, que ganhou o apelido de “A Máquina de Fazer Amigos” justamente pelo seu espírito solidário, fraterno, comunicativo.

Antonio Pinheiro de Carvalho faleceu ontem, por volta das 20 horas, no Hospital Santa Maria Madalena, onde estava internado há 15 dias, em decorrência de problemas renais.

Seu Pinheiro – que morava na Ilha do Governador há 55 anos – completaria 88 anos agora em agosto. Sua preocupação principal, ultimamente, eram os preparativos para o lançamento do 11º livro (“A Vida e o Tempo”), de sua esposa, a poetisa Doralice de Carvalho, em setembro, tarefa à qual se dedicava com um amor admirável.

Querido por toda a sociedade insulana, Seu Pinheiro colecionava amigos em todas as esferas: autoridades, empresários, líderes comunitários… e, principalmente, as pessoas mais simples do povo, a quem tinha um enorme e desinteressado prazer de ajudar.

Muito católico e devoto principalmente de Nossa Senhora Aparecida e Nossa Senhora de Fátima, Seu Pinheiro tinha estreita e antiga amizade com a Aeronáutica, relacionamento que mantinha desde o tempo de sua juventude, em Parnaíba, sua cidade natal. Ganhou inúmeras medalhas dessa arma e até o título de Comendador.

Além de sua esposa Doralice, Seu Pinheiro deixou quatro filhos – Normana, Maria de Fátima, Antonio e Catarina -, cinco netos e 4 bisnetos. Além de ser seu sobrinho, José Moraes, Comodoro do Iate Clube Jardim Guanabara, era também seu grande amigo. Muito unidos, trabalharam juntos, em diversas épocas, por inúmeras melhorias para a Ilha do Governador.

O velório de Seu Pinheiro será nesta quarta (dia 5 de julho), das 8 às 15 horas, na Capela 8 do Memorial do Carmo (Caju).

Os comentários estão encerrados.