Sociedade

Degase é contemplado com programa de esporte e cidadania

P10F1

A Secretaria de Es­tado de Educação, através do Departa­mento Geral de Ações Socioeducativas (De­gase), e o Ministério do Esporte, em parce­ria com a Organização das Nações Unidas (ONU), implantaram o programa “Esporte e Cidadania para To­dos” nas unidades do Degase que atendem a adolescentes que cumprem medidas socioeducativas. O lançamento ocorreu em abril, na Escola João Luiz Alves.

A proposta é pio­neira, pois atende ado­lescentes e jovens em conflito com a lei e o público em vulnerabilidade social. O progra­ma será desenvolvido nas nove unidades do Degase e terá a duração de 18 meses. Haverá, ao menos, três modalidades es­portivas, que serão in­corporadas à rotina de atividades dos jovens. A iniciativa atenderá 150 adolescentes em cada unidade, sendo 75 lutas e artes mar­ciais (judô, jiu-jítsu e capoeira) e 75 nos esportes coletivos e individuais (futebol de campo, futsal, handball, basquete e vôlei). “O Degase já possui parcerias com o Instituto Reação, com a Escola de Futebol Italy Academy, com o Clube de Regatas do Flamengo e agora com o Ministério do Espor­te. Essas iniciativas são essenciais para os adolescentes, pois a prática de atividades esportivas contribui para a ressocialização” – declarou Wagner Victer, Secretário Esta­dual de Educação.

Lei Maria da Penha é tema de palestra no Colégio Tia Lavor

A Secretaria de Estado de Educação do Rio de Janeiro e o Ministério Público reali­zaram, em abril, uma pales­tra sobre a aplicação da Lei Maria da Penha no Colégio Estadual Professora Maria de Lurdes de Oliveira Tia Lavor, no Cacuia. O evento fez parte do “Programa Lei Maria da Penha vai à Escola”, criado para estabelecer o ensino de noções básicas desta lei em escolas estaduais.

Os comentários estão encerrados.