Utilidade Pública

Colégio Estadual Tia Lavor será base para cadastro em programa que concede meia-entrada em eventos artísticos, culturais e esportivos

Tia Lavor

O Rio de Janeiro terá amanhã (8 de agosto) o “Dia D” para o cadastramento no Programa Identidade Jovem (ID Jovem), que beneficiará milhares de jovens com meia-entrada em eventos artísticos, culturais, de lazer e esportivos. As ações serão realizadas em 17 unidades de ensino da capital, de 8 às 17 horas, entre elas o Colégio Estadual Professora Maria de Lourdes de Oliveira Lavor – Tia Lavor, no Cacuia.

Equipes da Secretaria de Estado de Educação (Seeduc) irão realizar um mutirão de cadastramento, em parceria com a Secretaria de Esporte, Lazer e Juventude e com a Prefeitura do Rio, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos.

Para participar do Programa ID Jovem, o interessado deve estar inscrito no Cadastro Único do Governo Federal, o CAD-Único, ter renda familiar de até dois salários mínimos e possuir o Número de Identificação Social (NIS), que pode ser consultado no Cartão Cidadão, no extrato do FGTS, na Carteira de Trabalho e no próprio aplicativo da ID Jovem. Qualquer jovem que atenda aos critérios de cadastramento pode participar do Programa ID Jovem e não precisa sequer ser aluno da rede pública de ensino.

O documento também será gerado através de um aplicativo para smartphone, que transformará o aparelho no próprio cartão. Para usar este recurso basta apresentar a imagem do cartão, dentro da validade, na tela do celular no momento da aquisição do bilhete ou ingresso, acompanhada de documento oficial com foto. Assim, o usuário terá garantidos os benefícios da meia-entrada, conforme disposto no Decreto 8.537/2015.

De acordo com o secretário de Educação, Wagner Victer, o Programa iniciará na capital do Rio de Janeiro e será estendido a outros municípios. Aproximadamente, 800 mil jovens poderão ser beneficiados por atenderem aos critérios exigidos para inscrição no ID Jovem.

— O ID Jovem é fruto de uma parceira entre o governo estadual e seus diversos municípios com o Governo Federal. A Secretaria de Educação vai trabalhar alinhada à Secretaria de Esporte, Lazer e Juventude e prefeituras municipais para estimular a adesão dos jovens. É um programa que trará muitos benefícios aos estudantes — declarou Victer.

Deixe uma resposta