Notícias

Clarissa Garotinho quer implantar Nave do Conhecimento na Ilha

P14F1

Atual Secretária Municipal de Empre­go, Desenvolvimento e Inovação, Clarissa Garotinho, durante entrevista exclusiva ao Jornal GOLFINHO, afirma que a Secreta­ria tem a intenção de implementar o pro­grama Nave do Co­nhecimento no com­plexo do Dendê, em 2018, dependendo da disponibilidade orça­mentária.

P14F2

As Naves do Conhecimento (acima, a do Parque Madureira) são uma importante difusora de tecnologia para os jovens carentes

Já implementada em alguns locais do Rio, a Nave do Conhe­cimento está ganhan­do uma nova propor­ção muito mais sólida, com cursos de Progra­mação, Programação de Desenvolvimento de Games – que, re­centemente, formou a primeira turma – e também oficinas de fotografia, dança e teatro, além de inglês e informática. O mais recente destaque do programa fica para a parceria com a Nasa, onde 300 jovens ca­rentes do Rio monitorarão o céu, buscando asteróides.

— As Naves do Conhecimento têm como foco resgatar os jovens dentro da tecnologia. Quando assumimos a gestão do programa, vimos que estava sendo su­butilizada e era ne­cessário expandir com novos cursos. Temos intenção de levar a Nave para a Ilha, em 2018, provavelmente para o Complexo do Dendê, mas ainda não temos nada garantido, pois necessitamos de emendas parlamen­tares para que isso seja concretizado e vamos trabalhar para que dê certo — disse a Secretária.

Jovem, Clarissa já possui grande ex­periência política: foi eleita Vereadora, Deputada Estadu­al e, atualmente, é Deputada Federal li­cenciada, para poder assumir a Secretaria de Desenvolvimento, Emprego e Inovação do Município do Rio:

— Esse é um dos grandes desafios que tenho, junto com a minha equipe, à fren­te da pasta. Acredito que a união desse tri­pé é primordial para melhorarmos a situ­ação do desemprego, agilizando a emissão de carteira de tra­balho e liberação do seguro-desemprego nos oito postos do município.

Preocupada com a elevação do número de moradores de rua, nos últimos meses, a Secretaria criou o Projeto Resgate, em parceria com a Defensoria Pública do Estado do Rio de Janeiro, onde o ór­gão faz uma primei­ra abordagem nos abrigos da Prefeitu­ra, buscando reinse­rir quem ali está no mercado de trabalho:

— O próprio Rock in Rio contratou muita gente que esteve se capacitando conosco — concluiu Clarissa.

Os comentários estão encerrados.