Sociedade

Preocupação com o aumento da violência predomina durante reunião do Conselho Comunitário de Segurança

3c8145b4-8dde-4d67-838e-6b0a3af361dd

Os insulanos que lotaram o auditório da Universidade Estácio de Sá para a reunião de setembro do Conselho Comunitário de Segurança se mostraram preocupados com o aumento da violência na Ilha, principalmente com relação aos assaltos, furtos e roubos a casas, pedestres e estabelecimentos comerciais no bairro.

Os moradores ficaram ainda mais chocados quando a Major Sabrina Silva, representando o comando do 17º Batalhão de Polícia Militar, informou que, atualmente, só existem 12 viaturas rodando na região.

Entre as autoridades presentes estavam o Delegado Geraldo Assed, da 37ª DP; o Inspetor Marlon de Lima, Comandante da Guarda Municipal na Ilha; o Tenente-Coronel Ronaldo Luz, Comandante do Corpo de Bombeiros do bairro; o Chefe do Departamento de Água e Esgoto da Cedae na Ilha , Flávio Gusman, e o assessor comercial da Estácio, César Gusmão.

Os comentários estão encerrados.