Música

Andriws Moraes leva Dilsinho a encontro com Neymar e outros craques

P5F2

O cantor insulano Dilsinho fez um show particular no salão nobre do estádio Parque dos Príncipes, a casa do Paris Saint-Ger­main. O evento ocorreu após a goleada de 7 a 1 sobre o Celtic, pela Cham­pions League. Na seleta plateia estavam ninguém menos que Neymar, Thia­go Silva, Daniel Alves e Marquinhos, os craques brasileiros do time françês.

O seleto encontro foi intermediado pelo empre­sário do cantor, o também insulano Andriws Mora­es, junto com o zagueiro Thiago Silva, amigo e fã de Dilsinho. E, para sur­presa, os craques Neymar, Daniel Alves e Marquinhos também já conheciam e admiravam o trabalho do músico insulano.

P5F1

Dilsinho e Andriws, no estádio do Paris Saint-Germain

— Foi incrível! Ficamos muito felizes em saber que esses jogadores, ído­los do futebol mundial, conhecem e admiram o trabalho do Dilsinho. O show foi super legal e todos foram muito recep­tivos com a gente. Espe­ramos poder voltar aqui em breve, se Deus quiser — afirmou Andriws.

 

Dilsinho se sentiu li­sonjeado com a recepti­vidade:

— Sabe aquele sonho de criança? Ser recebido após um jogo tão impor­tante por esses craques foi bom demais. Sempre gostei de futebol e eles são meus ídolos no es­porte. Saber que eles co­nhecem e curtem o meu trabalho, até mesmo me divulgando nas suas redes sociais é muito gratifi­cante.

Dilsinho leva o nome da Ilha no Brasil e no mundo

P8F1

Com apenas 25 anos, o cantor e compositor Dil­sinho já é uma referência no universo do pagode na­cional, lotando as casas de show de todo o país, além de já ter lançado vídeo cli­pes de grande sucesso e ter suas músicas estouradas nas rádios de todo o Brasil, com diversos singles de dois álbuns gravados.

Nascido e criado no Iate, Dilsinho, que já se apre­sentou diversas vezes em programas da Rede Globo, também teve composições suas interpretadas por grandes nomes da música, como Alexandre Pires, Sor­riso Maroto, Mumuzinho e Thiaguinho.

Em entrevista exclusiva ao Jornal GOLFINHO, o cantor da Sony Music conta sobre sua trajetória e fala da sua paixão pela Ilha.

GOLFINHO: Como insulano, a Ilha teve alguma inspiração para que, um dia, almejasse se tornar cantor e compositor?

DILSINHO: Sim, na Ilha nasci e fui criado. Minha família é toda de músicos, ia aos barzinhos, à União da Ilha, às festas dos meus tios e tias e isso tudo no bairro e sempre regado a muita música. Isso formou a minha base musical.

Como analisa o cenário musical nacional nos dias de hoje, sobretudo, dentro do universo do pagode?

O pagode vive um momen­to difícil como segmento, mas graças a Deus e a um trabalho arrojado e com planejamento temos con­seguido crescer e pontuar em todo o Brasil. Meio que na contramão da maré, mas tem rolado! Sou muito feliz em ter ao meu lado uma galera que pensa na frente, que quer fazer di­ferente do que todo mundo faz. Os meus empresários Andriws Moraes e Igor Fa­ria, junto com todo o time, sempre apresentam idéias novas e topam as minhas loucuras.

Qual a sua maior alegria e motivação na carreira?

Poder levar a minha música para as pessoas é especial. De alguma forma, mexe­mos com sentimentos e isso é extremamente deli­cado, mas quando aconte­ce é gratificante.

Qual lembrança que tem do seu primeiro show e da primeira vez que ou­viu uma música sua nas rádios?

Primeiro show foi em um barzinho, quando eu tinha 13 anos. Meu pai me car­regava e me incentivava a tocar na noite. E quanto à primeira vez que ouvi uma música minha tocada na rádio foi em novembro de 2013 (“Já que você não me quer mais”), na FM O Dia, e chorei igual criança.

Quais suas perspectivas profissionais futuras? Já tem previsão para um novo CD ou clipe?

Clipe a gente faz em toda música desde o início, já temos mais de 140 mi­lhões de visualizações no You Tube e isso virou uma marca registrada dentro do segmento. Ano que vem, vamos lançar um novo CD ou um DVD, estamos estu­dando o melhor caminho a seguir.

Quais os seus ídolos na música?

Jota Quest, Luan Santana, Sorriso Maroto e outros.

O que mais te atrai na Ilha?

Eu amo a Ilha! Aqui nasci e fui criado. Estou sempre no Iate Clube Jardim Guanabara revendo os amigos e jogando um futebol para relaxar. Sem dúvidas, o clube é o grande tesouro do bairro.

Quem quiser ficar por dentro de todas as no­vidades do cantor, basta acessar o site www.dilsi­nho.net.

 

Deixe uma resposta